sexta-feira, 23 de setembro de 2011

O PÃO.






Hoje, como quase toda sexta-feira, resolvi cozinhar. É algo que eu gosto de fazer desde novinho, comecei com alguns lanches, e fui avançando pelo mundo gastronômico. Muito provavelmente o que eu mais gosto de fazer é Pão. É incrível juntar todos aqueles ingredientes, e parecer que não vai dar certo, não vai atingir o ponto, até que finalmente, acontece um milagre, a massa “dá liga”. Então vem a parte mais difícil: colocar no forno e esperar. Como é difícil esperar aqueles intermináveis 45, 50, minutos. Enfim, você tira aquele pão do forno, com o dobro de tamanho que tinha no começo, fofinho, branquinho, quentinho, uma delícia.
Bom, você deve estar se perguntando o que tem em comum vida cristã com pães. Tudo e mais um pouco. Se reparar bem, ao fazer pão juntamos ingredientes tão diferentes, que em nada se parecem, mas que unidos formam algo coeso, uniforme, belo. Na nossa caminhada de todos os dias é da mesma maneira, temos que ter certas atitudes que analisadas individualmente parecem inúteis, sem grande importância, mas quando paramos para enxerga-las como um todo, vemos o quanto é impossível vivermos bem sem uma delas. Mas repare, tem um ingrediente que se não estiver ali, não importa a qualidade de todos os outros, o quanto você amasse, bata na massa, não vai adiantar em nada: O Fermento. Isso me lembra de algo, que se Deus não estiver na equação o resultado SEMPRE vai dar errado. E por último, e não menos importante. A temida hora de colocar os pãezinhos no fogo. É o momento que saí do seu controle. É necessário ter fé (muito grande por sinal) de que não irá dar nada errado com o pão. Na vida, adivinhem, também é assim. Tomamos atitudes necessárias, colocamos Deus na causa, mas chega um momento que temos que simplesmente entregar tudo em suas mãos, passar pelo fogo que irá nos moldar, e ter fé, que quando tudo acabar sairão pãezinhos lindos, e perfeitos. E enfim você poderá desfrutar de tanto trabalho, seja na cozinha, ou em situações do seu dia-a-dia.

“Eu sou o pão da vida.” João 6:48

Por último eu gostaria de deixar um brinde, minha receita especial de pão de batata recheado.

INGREDIENTES para a massa:
·        -1 kg de farinha de trigo
·        -1 colher de sopa bem cheia de manteiga
·        -1 copo de leite morno
·        -5 batatas médias, cozidas e amassadas
·        -2 tabletes de fermento biológico fresco.
·        -2 colheres de chá de açúcar.
·        -2 gemas.

INGREDIENTES para o recheio:
·        -3 gomos de calabresa moída
·        -Requeijão a gosto.

MODO DE PREPARO:
- Pegue uma vasilha grande. Nela dissolva o fermento no açúcar até virar um caldo. Junto todos os ingredientes da massa, exceto a farinha. Vá juntando a farinha e amassando até que a massa atinja um ponto liso, homogêneo, e não grude mais nos dedos (acredite, aquela meleca uma hora irá para de grudar nos dedos). Ao terminar esta parte separe a massa por 1 hora e cubra com 2 panos de prato, para que ela cresça. Enquanto a massa cresce vá preparando o recheio. Após 1 hora unte uma, ou mais formas, com margarina, e faça bolinhas com a massa, recheando-as com a calabresa e o requeijão. Pegue as gemas dos ovos, bata bem, e cubra os pães com ela, para que fiquem dourados. É só colocar na forma e no forno por uns 45 minutos, ou até que fiquem dourados por cima. Cuidado para não queimar (o forno deve ser pré-aquecido por 20 minutos, a 200º, ou fogo médio).

5 comentários:

  1. Good Job, além de um belo post, com uma comparação justa e edificante, ainda tenho mais uma receita!
    abraços.

    ResponderExcluir
  2. Deu água na boca! Vontade de comer pão fresquinho! uahauhuah

    Gostei demais desse texto ;)

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais da comparação!
    Pricipalmente , quando o bolo é colocado no forno, nessa hora é que provamos a nossa fé!
    Conhce o "No Cenáculo"Envie -o para lá, porém de maneira mais resumida.
    Eu tenho como vc poderá enviar, se interresar, lhe explicarei!Abraços
    IrmãBalques

    ResponderExcluir
  4. Desculpe o erro de portugues ,digo interressar!

    ResponderExcluir
  5. Mano, comparar a vida com a comida é sempre edificante hehehehe Penso da mesma forma e fico maravilhada em ver que de tantos ingredientes pode surgir ago bom, agradável e que sacia a fome =)
    Parabéns pelo texto e pelos pães ^^
    Bjones

    ResponderExcluir