quinta-feira, 17 de novembro de 2011

UM GRANDE ENCONTRO (COM DEUS)


   

 Resolvi abrir meus olhos. Mesmos cobertos de lágrimas enxergam perfeitamente. Na realidade acredito que foi por causa delas que pude ver. Ainda parece ter sido um sonho. Quem sabe não tenha realmente sido? Um sonhar acordado produzido por Ele.
    Você deve estar pensando: o Calebe pirou. O que ele tá falando? Não dá pra entender nada. É você tem razão, pirei, mas já faz um bom tempo, e sim, talvez não entenda, pois como se explica o inexplicável?
    Até aquele momento possuía a sabia certeza tola de que estava sozinho. A escuridão da noite em que vivemos me impedia de ver. Foram 4 dias, parecera 1 hora, ou 1 ano, não sei ao certo.
    Um som, uma voz. Eram muitas, mas soavam como uma só, um corpo, um exército, um grande purê de batata. Sem perceber, estava no meio deles, juntos, fazia parte desse mágico grupo
    Já não vejo mais apenas um bando de adolescentes e jovens, mas sim soldados. Prontos para a batalha.  São mais de 300, nem por isso menos fantástico, intrigante. Já não podemos perder nossas vidas, pois a perdemos faz tempo, e ao perdê-la encontramos a verdadeira, e abundante, vida. Não somos nós que vivemos, mas Cristo vive em nós.
    Como luzes a brilhar na escuridão posso ver onde estamos: em um vale de ossos secos, corpos há tanto tempo mortos que já não possuem mais carne. É possível sentir as dores de tanta desgraças, tantos sonhos enterrados ali, famílias inteiram dizimadas. Todos olham atônitos, não há o que fazer. Impossibilidades.
    Uma ordem, vinda do Alto, do nosso General: PROFETIZA! Preguem. Orem pelos osso secos. Loucura. Obedecida. Ossos começam a se juntar, nervos e carne crescem sobre eles. Um sopro de vida corre por eles. De ossos secos a vida, um genuíno avivamento.
    O exército aumenta. A guerra já está ganha, mas as batalhas só estão a começar. Dai-nos forças Deus. Vejo uma mocidade, uma geração, a se levantar, com o coração em chamas, queimando por mais de Deus e pelas vidas, ainda, perdidas.
    Isto foi o GE (Grande Encontro da mocidade Metodista). Muito mais do que apenas do que uma grande comunhão e momentos de (muita) alegria com nossos amigos. Mais do que palavras, ministrações abençoadas. O nosso tempo chegou, a hora é agora. Algo lindo só começou a acontecer, em nossa mocidade. Um exercito que desperta.
    Este é o começo de nossas vidas, apenas não sabemos. Abra seus olhos e veja, o futuro esta a sua frente, o caminho já foi preparado.
    Escutemos a voz de Deus:
Então me disse: Profetiza sobre estes ossos, e dize-lhes: Ossos secos, ouvi a palavra do SENHOR.
Assim diz o Senhor DEUS a estes ossos: Eis que farei entrar em vós o espírito, e vivereis.
E porei nervos sobre vós e farei crescer carne sobre vós, e sobre vós estenderei pele, e porei em vós o espírito, e vivereis, e sabereis que eu sou o SENHOR.
Então profetizei como se me deu ordem. E houve um ruído, enquanto eu profetizava; e eis que se fez um rebuliço, e os ossos se achegaram, cada osso ao seu osso.
E olhei, e eis que vieram nervos sobre eles, e cresceu a carne, e estendeu-se a pele sobre eles por cima; mas não havia neles espírito.
E ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize ao espírito: Assim diz o Senhor DEUS: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos, para que vivam.

E profetizei como ele me deu ordem; então o espírito entrou neles, e viveram, e se puseram em pé, um exército grande em extremo. 

Ezequiel 37: 4-10

4 comentários:

  1. uuuuuuuuuuuuooooooooooooooooowwwwwwwwwwwwwwwwwwwww o/
    ALELUIAAAAAAAAAAAAAAAA... GLÓRIA A DEUSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSSS \o/
    E nasce sobre o nada, sobre os ossos secos, sobre o pó, sobre o que acharam não ser mais nada, um EXÉRCITO, PRONTO PARA A BATALHA DO SÉCULO! Homens e Mulheres, #UMporTODOSporUM
    Caracaaaaaaaaa, to quase pulando de alegria, estou com meu coração gritando e é isso aeeeeeeeeeeee o/ pra cima dele com Jesus o/
    uhuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu
    bjones

    ResponderExcluir
  2. É, Calebe, foram dias em q o Espírito Santo selou uma aliança com a mocidade metodista e um novo fôlego de vida foi soprado sobre nós. Isso foi só o começo do que Deus vai fazer em nós e através de nós nesta geração e que, certamente, as próximas gerações (se tiverem próximas)se lembrarão. Avante, povo de Deus! Esse GE foi EXTRAORDINÁRIO!

    ResponderExcluir
  3. muito bom Calebe, glória a Deus por esse mover de avivamento entre os adolescentes e jovens: "Que venham os frutos!"

    ResponderExcluir
  4. Ahh Calebe!
    Já te falei que você escreve muito bem!
    Muito lindo esse resumo do que foi o GE!
    Tenho certeza que mesmo você escrevendo tão bem, as palavras não são suficientes pra dizer tudo o que Deus fez naquele lugar!
    Ainda mais sabendo um pouco do que aconteceu e do livramento que vocês tiveram, eu só tenho a certeza de que Deus com certeza, restaurou vidas, corações, de que pessoas voltaram a viver, no sentido de morrer para si, mas viver para Cristo.
    Sei que Ele fez grandes obras!
    Parabéns pelo texto!
    E toda a glória seja dada a Deus, por ser tão maravilhoso!

    bjooo

    ResponderExcluir