domingo, 15 de julho de 2012

A VIDA



      Não há riso sem antes ter o choro. Não há prazer sem dor. Não há vitória sem uma luta. Não há coragem sem medo. Não há abundância sem antes escassez. Não se é forte sem ter sido fraco. Não há vida sem morte.

quarta-feira, 11 de julho de 2012

PAI E FILHA.



                Só mais uma quinta-feira. Já passará das 10 da noite, estranhamente calma. Uma noite de outono. Sem nuvens, sem lua. Somente estrelas e um leve vento fresco. Nada de carros buzinando, cachorros latindo, ou helicópteros voando. Nada, só o som da brisa batendo nas cortinas de seu quarto. Ela estava deitada, meio acordada, meio dormindo. A luz se acende.